Procuro o corpo exacto que me envolva a alma porque o corpo onde navega perdeu o juízo, vai à deriva por águas cada vez mais próximas da loucura. A sua boca já não emite sons e dentro do peito não ecoa nenhum nome. A noite desceu sobre os ossos, revestindo-os de silêncio. Ouço-me através das horas onde não estou.

Al Berto