a beleza

"(...) A beleza é deitares-te comigo no preciso momento em que eu existo para podermos olhar-nos durante o fim do resto dos nossos dias. A tua beleza faz-me compreender a efemeridade e a falta de inteligência do sofrimento.
A beleza é simples, a beleza usa invólucros como pessoas."

João Negreiros (a verdade dói e pode estar errada)