A tarde cai e nós aqui à espera. Estamos aqui á escuta. Mas que esperamos nós?
Que antigas são as casas! Como é distante a cidade, esses rumores, a lua...
No desfazer da tarde o ar suspende-se e como que se esconde no reflexo das nuvens o que entre nós perpassa ao olhar as caras...
Franco Loi